Machine Learning: o que é e como usar no seu negócio agora mesmo

Você já deve ter ouvido falar de Machine Learning, talvez até já saiba o que este termo significa e sobre o que se trata. 

Contudo, saiba que suas possibilidades de aplicação vão muito além de negócios voltados apenas para a tecnologia, englobando atividades e negócios de diversos segmentos.

Neste post, iremos abordar o tema de forma prática, para que você possa compreendê-lo e utilizá-lo no fluxo de atividades da sua área empresa, no marketing e planejamento de campanhas inovadoras que trazem resultados.

Se você trabalha com tecnologia ou se interessa pelo assunto, continue e acompanhe no texto abaixo.

Boa leitura!

O que é machine learning?

Antes de ingressarmos em assuntos mais aprofundados, é necessário começar pelo início, ou seja, pelo significado de Machine Learning.

Traduzido do inglês, “machine learning” significa aprendizado de máquina, uma técnica que abrange a ideia de máquinas têm a capacidade de aprenderem sozinhas a partir de um grande volume de dados.

Em outras palavras, é possível aumentar a nossa capacidade de resolução de problemas e antecipação de riscos, com base nos resultados levantados pelos algoritmos de aprendizado das máquinas.

Isso se aplica em questões ligadas ao grande conjunto de dados armazenados, o famoso Big-Data.

Conheça a solução Gofind para marcas!

Como funciona o machine learning?

O Machine Learning funciona de uma maneira analítica. Sendo assim, o material estudado pelas máquinas e seus programas são os dados. 

Coleta e análise de dados com machine learning

Quanto mais informações alimentarem os sistemas, mais padrões serão encontrados através da análise de dados, mais respostas surgirão e maior será a facilidade para solucionar os problemas.

Desta forma, os algoritmos de machine learning conseguem fazer uma varredura completa nessa imensidão de dados e chegar a um altíssimo nível de previsibilidade.

Algoritmo de machine learning no dia a dia do seu negócio

Ainda está confuso? Pois bem, eu explico: 

Estes algoritmos são, basicamente, programas de computador que têm o objetivo de analisar sequências de ações precisas, assim como um passo a passo que leva uma tarefa a ser resolvida.

Como utilizo o machine learning no meu negócio? Veja exemplos:

Cada algoritmo ou programa criado, aciona um comando diferente para lidar com os dados que a máquina recebe e analisa, é a combinação entre estes dados gera o machine learning ou aprendizado de máquina.

É desta forma que aplicativos de geolocalização, como o Google Maps, por exemplo, indicam a melhor rota com base na sua localização.

A Amazon, por outro lado, recomenda produtos de acordo com seus hábitos de consumo e buscas que você realiza na internet.

Como usar no marketing digital da sua empresa?


O marketing digital é uma estratégia que está sempre se modificando, em constante evolução para se adequar às novas tecnologias.

Felizmente, o Machine Learning veio para ajudar e pode fazer parte desta evolução.

Com ele, é possível automatizar diversas tarefas, otimizando o tempo da sua equipe, coisa que antigamente seria necessário muito tempo para ser realizada.

Esta técnica pode ser usada para resolver um enorme conjunto de problemas e aprimorar a aprendizagem não supervisionada. Com a ajuda de dados, canais, conteúdo e contexto, fica muito mais fácil focar em executar tarefas e pensar na estratégia como um todo.

Conheça as principais aplicações do Machine Learning ao marketing digital:

  1. SEO

Através do machine learning, o algoritmo utilizado precisa ter o foco de fornecer a cada usuário conteúdos mais relevantes, no lugar de palavras-chave apenas.

Portanto, é preciso começar a pensar sobre a qualidade do seu conteúdo e como ele pode performar e ranquear melhor nos motores de busca.

  1. Campanhas no Google

Com os novos recursos de marketing inteligente do Google, o futuro do PPC (campanhas de pagamento por clique) acabou envolvendo também o machine learning.

Para isso, é preciso conhecer as métricas mais valiosas para sua empresa e focar na sua análise como: compreender os obstáculos e dificuldades para os seus objetivos; acompanhar o desempenho das suas campanhas; tomar decisões mais estratégicas; entender e saber como funcionam os novos recursos inteligentes do Google.

  1. Marketing de conteúdo

Com as ferramentas de Machine Learning é possível entender melhor o perfil dos seus clientes e qual caminho eles percorrem para chegar até você.

Isso te ajuda a rastrear os conteúdos mais relevantes para ele e o que ele gosta de consumir.

  1. Link Building

Após o lançamento do algoritmo Penguin, pelo Google, que penalizava negócios que praticavam a compra de links em outros sites, o link building evoluiu.

Agora, o profissional de marketing precisa investir em conteúdo de reconhecimento de marca, através de artigos que mencionam sua empresa e pesquisa de conteúdo relevante em sites parceiros, no lugar de simplesmente comprar menções em outros sites.

Vantagens do machine learning

Sabemos que muitas são as aplicações do Machine Learning, afinal esta é uma tecnologia que está cada vez mais em uso.

As suas possibilidades podem ir desde os negócios mais simples, até os mais complexos da ciência da computação, como o desenvolvimento de carros autônomos e análises espaciais.

Sendo assim, não existem dúvidas de que usar a tecnologia de machine learning proporciona inúmeras vantagens para as empresas. Conheça algumas delas:

  • Processamento ilimitado de dados
    O Machine Learning tem a capacidade de processar  uma quantidade praticamente ilimitada de dados de fontes diversas.
    Graças a isso, é possível revisá-los constantemente e ajustar a mensagem com base no comportamento dos clientes ou usuários.
    Uma vez que o programa é treinado a partir de um conjunto completo de dados, ele pode identificar as variáveis ​​mais relevantes e transmitir as informações certas, além de ter a possibilidade de automatizar os processos internos da empresa.
  • Prevenção, antecipação e análise
    O Machine Learning pode identificar e antecipar ações dos usuários com base na análise de informações coletadas.
    Desta forma, é possível oferecer ofertas personalizadas modificando o conteúdo ofertado a depender do momento ou horário do dia.
  • Retenção e conversão
    Programações e automação de marketing podem deixar a mensagem das campanhas muito mais dinâmicas.
    Isso ajuda com a retenção e conversão de clientes, por processar informações rapidamente informando o momento certo de impactar o público.
  • Experiência do cliente ou usuário
    Com o Machine Learning é possível aprender com resultados anteriores e comportamento do usuário, isso serve para melhorar continuamente suas previsões com base em dados novos.
  • Segmentação de campanhas
    Aqui podemos usar a tecnologia para identificar vários segmentos de mercado e público-alvo, bem como criar micro-segmentação com base em padrões comportamentais.

Como aplicar a estratégia de machine learning na sua empresa?

O Machine Learning e a inteligência artificial são, juntas, as chaves para identificar novas oportunidades e potencializar os resultados das empresas.

Segundo o estudo da Accenture, a inteligência artificial vai aumentar a lucratividade das empresas em 38% e gerar mais de US$ 14 trilhões em lucro extra até 2035.

Isso significa que é cada vez mais necessário que a sua empresa torne-se receptiva à inovações, adapte e aprimore seus processos.

Veja alguns exemplos de como começar agora mesmo:

  • Site responsivo
    Ter um site responsivo, com tempo de carregamento rápido, suporte a várias mídias e amigável para celular é crucial para a sua classificação no Google.
    A pesquisa mostra que melhorar o design do seu site e otimizá-lo para SEO, pode aumentar significativamente o seu tráfego. Invista em anúncios, conteúdos orgânicos de qualidade e na experiência do usuário.
  • Buscas locais
    Para ter uma alta classificação no Google, você precisa pensar na busca inteligente e otimizar para pesquisa local.
    Isso significa que você deve se concentrar na presença digital, listar sua empresa no Google Meu Negócio, e-commerces, marketplaces e Localizadores de Produtos como a Gofind.
    Alimente estes canais com o nome correto da marca e produtos, endereço,  lojas parceiras, preços, descrições, informações técnicas e outros detalhes da empresa em uma variedade de plataformas para que ela seja facilmente encontrada.

Leia mais sobre o assunto e aprofunde-se no tema otimização para SEO Local, em nosso outro texto chamado: Como o Google Meu Negócio ajuda Marcas a destacar produtos.

Qual a diferença entre deep learning e machine learning?

O Deep Learning, ou aprendizado profundo, também é uma das técnicas utilizadas pelo Machine Learning. Contudo, ela tem como base a utilização das redes neurais profundas. Isto é, o aprendizado pode acontecer também em várias camadas, simulando uma rede neural complexa.

Por exemplo, quando o programa é apresentado uma foto de um gato, uma camada da rede neural será responsável pelo reconhecimento prévio de partes como nariz e as orelhas do felino, enquanto outra camada tem informações sobre a textura dos pelos, os olhos e os dentes, e uma terceira camada conheça as patas e a cauda.

Isso torna o Deep Learning, uma variante do Machinne Learning, focada em reconhecer e identificar camadas mais profundas de uma informação.

Escolha as melhores estratégias e soluções para o seu negócio!                                                                                                                                                                       

Como a Gofind te ajuda a montar a melhor estratégia?

A Gofind vem ajudando grandes marcas e negócios a se destacarem no mercado, graças a nossa plataforma digital que mapeia e mostra em tempo real a disponibilidade de produtos nos pontos de vendas, físicos e digitais.

Permitindo que a empresa gerencie e planeje ações de marketing direcionadas a públicos específicos e segmentadas por localização geográfica.

Além disso, nosso portal do cliente dá acesso a um analytics completo sobre a performance de produtos, pontos de vendas, dados demográficos, perfil do consumidor, shopper insights, demanda por região, produtos específicos e dados de ruptura, gerando mais insights para suas ações de marketing.

Conheça esta e outras soluções do nosso Localizador de Produtos!

Veja também o depoimento do gestor de marketing e trade da Caldo Bom sobre as nossas soluções:

“Com o mapa interativo ‘Onde Encontrar’ da Gofind, temos uma ferramenta que atua ao longo de toda a cadeia de distribuição. De novas prospecções de mercado, percepção de share regional, negociações com os compradores, até a ponta no público-alvo que tem uma maior facilidade de encontrar nossos produtos. Convergimos os esforços de marketing para atuar na jornada do shopper, do reconhecimento à decisão de compra através desta parceria.”

José Felipe, Gerente de Marketing e Trade – Caldo Bom Alimentos

Machine learning vale a pena?

Agora que já sabemos o que o aprendizado de máquina é e como aplicá-lo nos negócios, ele poderá entrar na sua estratégia com o objetivo de entregar para o cliente uma experiência mais rápida e personalizada, que vá além de suas expectativas.

Afinal, investir na experiência do consumidor com tecnologias e inovações que permitam uma maior conexão dele com a sua marca é o caminho ideal para toda empresa que pretende melhorar continuamente seus resultados.

Gostou? Aproveite para ler nosso outro conteúdo voltado para potencializar suas estratégias de marketing: Comportamento do consumidor: o que é e qual a importância?

>>> Leia mais conteúdos como este!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *