Estoque parado: como evitar prejuízos e dicas para vender mais

Estoque parado é uma dor de muitos negócios. Esse prejuízo acontece porque gerenciar recursos exige cuidado e muita estratégia.

Para uma loja ou comércio, não há nada pior do que ficar com muitos itens parados ou ter que interromper as vendas por falta de mercadoria.

No post abaixo, vamos te ajudar a evitar que as mercadorias fiquem muito tempo paradas, além de ajudar sua empresa a vender mais e realizar um reabastecimento inteligente, prevendo rupturas antes mesmo que elas ocorram.

Boa leitura!

Qual a importância de uma boa gestão para evitar estoque parado?

Muitos negócios focam suas atividades na aquisição de novos clientes, esquecendo-se de que a manutenção das vendas depende também de uma boa gestão de estoque. 

Com esta estratégia, algumas consequências negativas podem surgir, como o excesso de mercadorias e até mesmo a ausência delas.

Isso gera uma situação desagradável para o cliente, que pode comprometer totalmente sua experiência de compra ao adquirir ou reservar um produto e só depois descobrir que ele está em falta. 

Igualmente frustrante é ter o desejo de comprar um item e ele demorar muito tempo para ser reposto no estoque da loja.

O medo da indisponibilidade de mercadorias ou da ruptura de estoque pode fazer com que o gestor invista excessivamente na compra de itens que podem ficar estagnados em seu estoque.

Por isso, saber gerenciar esse fluxo, antecipar as demandas dos clientes e se preparar bem para datas de pico e queda de vendas é essencial.

Leia também: Como evitar ruptura na cadeia de suprimentos


Quais são os efeitos negativos de um estoque parado?

Ter o estoque parado representa diversos efeitos negativos para o seu negócio. O principal deles é a perda automática de dinheiro.

Ainda que por motivos diferentes, alguns destes fatores afetam mais o negócio do que outros. Isso acontece porque se a mercadoria fica parada no estoque ou se há a falta de produtos na gôndola, pode haver uma perda de valor sobre o produto ou sobre o negócio.

Este tipo de problema tem um impacto grave nas finanças da empresa, considerando que a redução de custos, retenção de clientes e a atração de novos consumidores são partes fundamentais da rentabilidade de um negócio.

Veja a seguir os principais efeitos negativos:

  • Redução no capital de giro

Quando o produto não é comercializado e transformado em dinheiro, isso reduz a liquidez do negócio. Afetando diretamente os investidores do empreendimento e tornando a empresa cada vez menos atraente para novos aportes.

  • Perda de produtos por vencimento

Um produto vencido, mofado ou danificado não poderá mais ser comercializado, implicando em prejuízo para o negócio.

  • Gastos com armazenamento

Manter um estoque não é barato. Considerando o custo do metro quadrado, da climatização e do mobiliário necessário para isso, vemos que o valor investido para isso é alto.

  • Falta de espaço

Com o espaço do estoque ocupado por um produto parado ou até mesmo não ocupado por falta de produtos, gera a perda de oportunidades de investimento em novos produtos, que podem ser bastante interessantes para o negócio.

• Como calcular o estoque parado?

A primeira etapa é obter a média de estoque existente.
Chega-se ao resultado por meio da soma do número de produtos presentes no início do período analisado e de quantos restaram ao final, dividida por 2.

Veja a fórmula a seguir:
Quantidade de produtos inicial + quantidade final / 2
A partir disso, será possível calcular o giro de estoque em um período determinado.
Para isso, é necessário dividir o número de produtos vendidos pela média de estoque.

Veja a fórmula a seguir:
Número de produtos vendidos / Média de estoque

Como evitar um estoque parado?

É muito importante que nos casos em que o estoque fica parado por muito tempo ou existe a falta de produtos que os consumidores procuram, o controle seja ainda mais rigoroso.

Isso para que as medidas cabíveis sejam adotadas no momento certo, afim realizar um abastecimento inteligente do estoque, prevendo e antecipando rupturas ou lhe ajudando a liquidar os produtos parados..

Veja a seguir algumas dicas:

  1. Promoções


Coloque os produtos com baixo giro em promoção, oferecendo preços diferenciados que chamem a atenção do público. 

Contudo, tome cuidado para não comprometer sua lucratividade. Diminua a margem de lucro, mas não tenha prejuízo na operação, isso pode ser feito a partir de uma análise detalhada dos custos e despesas.

  1. Acordo com fornecedores

Alguns fornecedores aceitam a troca de produtos, o que pode viabilizar a troca do estoque parado por mercadorias que possam ser agregadas a novas campanhas.

  1. Promoções combinadas

A combinação de dois ou mais produtos a preços interessantes chama muito a atenção do consumidor.

  1. Outlet

Outra forma de vender o seu estoque parado é a criação de um outlet, ou seja, a separação e venda de produtos com baixo giro separados em uma categoria com preços mais baixos, onde produtos são vendidos a preços menores que os habituais.

  1. Abastecimento inteligente


A maneira mais inteligente de controlar seu estoque é tomar decisões baseadas em dados, ou seja, controlar o estoque e realizar pedidos somente quando necessário.

E ainda melhor: saber exatamente qual produto comprar, baseado na demanda local dos consumidores.

Hoje já existem tecnologias que medem e controlam a disponibilidade dos produtos em estoque de forma automática, integrando dados com marcas e distribuidores que podem ajudar o varejo a selecionar o melhor mix de produtos para seu público e região.

Descubra como a Gofind pode te ajudar a ter seus produtos encontrados!

Campanha Marcas Gofind

Como vimos acima, controlar o estoque parado ou realizar o abastecimento inteligente é fundamental para manter a saúde e lucratividade dos negócios.

Além disso, toda a cadeia de suprimentos torna-se mais rentável e lucrativa, obtendo maior retorno sobre seus investimentos (ROI).

Garantir que as estratégias sejam bem executadas, por profissionais especializados e fazendo uso das tecnologias disponíveis para otimizar suas funções, garante maior controle e previsibilidade dos resultados alcançados.

Isso também evita futuras falhas e previne os gargalos que possam atrapalhar o seu negócio.

Além disso, garantir a disponibilidade dos produtos que o consumidor procura, ajuda sua empresa a vender mais e alcançar melhores resultados. Otimizando a experiência de quem busca por produtos de forma online ou offline.

Por isso, invista seu tempo, esforço e recursos em implementar processos, planejamento estratégico, controle e análise dos indicadores. 

Isso fará com que sua empresa alcance a excelência, independente do segmento.

Banner-produto

Gostou? Aproveite para ler nossos outros conteúdos!

>>> Leia mais conteúdos como este!